Vereador é suspeito de agredir porteiro durante festa no Rio

Confusão com Luiz Carlos Gallo, do PDT-RJ, teria começado depois que vizinhos reclamaram do som alto; síndica do prédio também foi agredida por uma das convidadas da festa

Priscila Trindade, do estadão.com.br

17 de maio de 2010 | 17h04

SÃO PAULO - O vereador Luiz Carlos Gallo, do PDT do Rio, se envolveu em uma briga no sábado, 15, durante uma festa de aniversário em um prédio no bairro de Icaraí, em Niterói, no Rio de Janeiro.

 

A confusão teria começado depois que vizinhos reclamaram do som alto da festa após às 22 horas. O vereador, que comemorava o aniversário do neto, não gostou das reclamações e agrediu o porteiro.

 

A síndica do prédio foi agredida por uma das convidadas da festa e registrou queixa por lesão corporal no 77º Distrito Policial, em Icaraí.

 

De acordo com a Polícia Civil, as imagens do circuito interno serão analisadas. Testemunhas serão ouvidas nos próximos dias.

Tudo o que sabemos sobre:
RiovereadoragressãoPDTGalloIcaraí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.