Vereadora Myryam Athiê volta à Câmara paulistana

Myryam Athiê consegiu liminar para suspender decisão do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública que a afastava do cargo de vereadora na Câmara Municipal de São Paulo. A liminar foi concedida pelo desembargador Paulo Shintate, do Tribunal de Justiça, num mandado de segurança impetrado por Myryam contra o desembargador Rebello Pinho, que anteriormente havia indeferido seu recurso e confirmado a decisão de primeira instância. Myryam estava provisoriamente afastada em razão de ação civil pública proposta pelo Ministério Público que a acusa de corrupção: teria recebido propina de R$ 40 mil para influir na suspensão de intervenção municipal decretada contra a empresa da ônibus Cidades Tiradentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.