Vereadora tenta entrar em presídio com carregador de celular

A vereadora Célia Cristina Molina, da cidade de Nova Europa, região central do Estado de São Paulo, foi presa em flagrante ontem ao tentar entrar na penitenciária de Araraquara com um carregador de celular. O equipamento foi identificado pelo detector de metais e estava escondido dentro de uma embalagem de chá. A parlamentar, que ocupava o cargo de vereadora há três anos, também atuava como enfermeira e foi encaminhada à Cadeia Pública da cidade de Fernando Prestes. As informações são da emissora EPTV Central.

Agencia Estado,

24 de junho de 2004 | 07h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.