Vereadores alteram lei para manter empresas em São Paulo

Uma emenda apresentada pelos vereadores Alcides Amazonas (PC do B), vice-líder da prefeita Marta Suplicy na Câmara Municipal, William Woo (PSDB) e Paulo Frange (PTB), com apoio de outros 19 parlamentares, prevê a inclusão das empresas de Telemarketing no projeto de Lei da Prefeitura, que reduz a alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS) de 5% para 2% para alguns setores. Com a redução do imposto, as empresas, que poderiam deixar a capital para se instalar em cidades próximas, devem permanecer. Esta é, pelo menos, a avaliação do presidente do Sindicato das Empresas de Telemarketing, Oscar Teixeira Soares. O projeto original, aprovado em primeira votação pela Câmara Municipal há uma semana, excluía o setor de Telemarketing, responsável pela geração de 70 mil empregos diretos na capital e que cresce 20% ao ano. "Queremos ser incluídos no projeto porque já há diversas empresas abandonando a capital em busca de alíquotas de ISS mais baixas", disse Oscar Teixeira Soares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.