Vereadores aprovam CPI dos Transportes

Após horas de discussão, os vereadores definiram nesta terça-feira a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o sistema de transportes na cidade. O pedido vai ser apresentado nos próximos dias e a aprovação em plenário deve ocorrer na próxima semana.Durante todo o dia, os líderes dos partidos estiveram reunidos para discutir a futura comissão, que vai substituir a CPI sobre as escolas de latinha, construídas no governo do ex-prefeito Celso Pitta (PSL). A substituição foi definida após um acordo com o presidente da CPI, Beto Custódio (PT), que vai antecipar o fim dos trabalhos e concluir o relatório final na próxima semana.A decisão foi anunciada pelo líder do governo na Câmara, João Antonio (PT). "Vamos fazer uma CPI para investigar as denúncias de corrupção no Sindicato dos Motoristas e Cobradores e as empresas que compõem o sistema de transporte coletivo na cidade", disse Antonio. De acordo com ele, o pedido só será apresentado e aprovado em plenário após o encerramento da CPI das escolas.Durante toda a sessão, a oposição se revezou na tribuna para pedir uma CPI ampla, que se estenda a todo o sistema de transportes. "Se isso tivesse acontecido no governo anterior, metade da Prefeitura já estaria presa", disse Salim Curiati (PP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.