Vereadores de Americana pedem laudo da saúde do prefeito

Os vereadores de Americana aprovaram um requerimento solicitando que seja enviado ao Legislativo um laudo médico sobre a saúde do prefeito Valdemar Tebaldi (PDT), de 84 anos,indicando se ele está apto a continuar a exercer a função. O documento foi protocolado nesta quinta-feira na Prefeitura, que tem 15 dias para responder à Câmara Municipal.O autor do requerimento, vereador Orestes Camargo Neves (PSDB), comentou que, ?de uns meses para cá?, o prefeito tem comparecido pouco à prefeitura e, quando comparece, permanece no local por, no máximo, duas horas. Segundo Neves, pessoas que trabalham com Tebaldi comentam que ele apresenta lapsos de memória e idéiasconfusas.?Nos meios políticos, os boatos de que o prefeito não está bem já correm há alguns meses, mas desde o início do ano os rumores ganharam maior repercussão, e os moradores nos cobram uma atitude?, justificou-se o vereador.Segundo ele, servidores dizem que a Prefeitura está sendo conduzida pelo filho do prefeito esecretário de governo, Valdemar Tebaldi Filho. ?Na greve de servidores, na semana passada, Tebaldi Filho assumiu todas asnegociações com o Sindicato?, comentou Neves. Ele defendeu que a questão ?seja passada a limpo? e que a discussão do problema precisa ?ser pública e oficial?.O vereador acrescentou que, se o prefeito não estiver bem de saúde, poderá afastar-separa tratamento e será substituído pelo vice, Erich Hetzl Júnior (PDT), ?como é o certo?.Neves afirmou que o laudo poderá ser produzido por um perito ou um médico forense. A assessoria de imprensa da Prefeitura informou nesta quinta-feira que o requerimento ainda não havia sido analisado e, portanto, o prefeito não se manifestaria sobre o assunto.A assessoria informou ainda que Tebaldi está bem de saúde e tem cumprindo corretamente a função de prefeito. Tebaldi, que exerce seu quarto mandato, foi reeleito para o cargo em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.