Vereadores são presos acusados de corrupção

RIBEIRÃO PRETO

, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2010 | 00h00

Os vereadores Antonio Kinoshita (PMDB), presidente da Câmara de Barrinhas, região de Ribeirão Preto, e Saint Clair Antonio Marinho Filho (DEM) foram presos no sábado acusados de corrupção. Em vídeo gravado pelo comerciante Mituo Takahashi, o vereador Carlos Alexandre Alves Borges (PTB) fala em R$ 45 mil dados por um empresário a parlamentares paramudar regras de instalação de postos de combustíveis na cidade. Borges e outro acusado, Jamel Jamil Chukr (PP), não foram localizados pela polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.