Verônica Costa depõe sobre acusação de agressão contra o marido

Segundo a vítima, o empresário Márcio Costa, a funkeira e ex-vereadora no Rio teria tentado matá-lo

Marília Lopes, Central de Notícias

28 de fevereiro de 2011 | 11h17

SÃO PAULO - A funkeira e ex-vereadora Verônica Costa presta depoimento na manhã desta segunda-feira, 28, no 42ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, no bairro do Recreio, na zona oeste. Ela é acusada de ter torturado o marido.

 

O empresário Márcio Costa está internado no Hospital Pasteur, no Meier, zona norte da cidade, desde a última quarta-feira. Vítima de queimaduras de segundo grau em várias partes do corpo, ele deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na sexta-feira e diz que foi torturado pela mulher, o irmão, a irmã e o padrasto dela.

 

O motivo da agressão, segundo Márcio, seria a desconfiança de Verônica de que ele tenha uma amante e estaria se apropriando de alguns bens dela. Hoje, ele será submetido a uma cirurgia plástica, chamada desbridamento cirúrgico - remoção (limpeza) de tecidos queimados, até que se atinja tecido viável para acelerar o processo de cicatrização. O quadro clínico do paciente é estável. Ele está consciente, colaborativo e respira sem a ajuda de aparelhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.