Véspera de Natal começa com filas nos aeroportos de SP

Apesar de funcionar durante quase toda a madrugada deste domingo, o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista começou o dia com filas e atrasos. No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, passageiros reclamavam, mais uma vez, da falta de informações. Durante a madrugada, policiais foram chamados para controlar ânimos mais exaltados, segundo informações da GloboNews.No Rio de Janeiro, o Aeroporto Internacional Tom Jobim esperavam a quase 24 horas para embarcar. As filas nos balcões da TAM continuavam longas, com passageiros reclamando pelo mau atendimento.Quem tentava sair de Brasília, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, enfrentava atrasos de até cinco horas neste domingo. Até às 10 horas, eram 21 atrasos, sendo oito decolagens e 13 aterrissagens. Com medo de não conseguirem aeronaves para fazer conexões até seus destinos, alguns passageiros passaram a recusar a deixar os aviões. No sábado, tanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quanto a direção da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) garantiram que a situação caminharia para a normalidade neste domingo.A TAM garantiu que irá reforçar suas equipes nos aeroportos para evitar novos desentendimentos ao longo deste domingo. A empresa, que teve a venda de bilhetes suspensa por causa dos transtornos provocados pelo overbooking, só poderá voltar a comercializar passagens na segunda-feira.No sábado, o presidente da Anac, Milton Zuanazzi, afirmou que, para evitar problemas ao longo da semana que antecede o ano-novo, a agência irá fiscalizar o setor de reservas das companhias aéreas para identificar eventuais descompassos entre o número de bilhetes oferecidos e a quantidade de assentos disponíveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.