Via Dutra completa nesta sexta-feira 56 anos

Há 56 anos, no dia 19 de janeiro de 1951, o general Eurico Gaspar Dutra, Presidente da República, inaugurava a Nova Rodovia Rio-São Paulo, em solenidade realizada na altura de Lavrinhas (SP). A rodovia ainda não estava concluída, apesar de permitir o tráfego de veículos entre a então Capital Federal (Rio de Janeiro) e o pólo industrial de São Paulo nas maiores médias de velocidade da história.Dos seus 405 quilômetros, 339 estavam concluídos, junto com todos os serviços de terraplenagem e 115 obras de arte especiais (trevos, viadutos, pontes e passagens inferiores).Faltava, porém, a pavimentação de 60 quilômetros entre Guaratinguetá e Caçapava e de seis quilômetros em um pequeno trecho situado nas proximidades de Guarulhos. Hoje, a Dutra continua sendo a principal rodovia do País, na ligação rodoviária entre os dois principais centros econômicos, Rio e São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.