Viação Cruz da Colina mantém greve em SP

A greve dos 270 funcionários, entre motoristas e cobradores de ônibus, da Viação Cruz da Colina deve se extender pelo menos até às 9h30 desta manhã segundo a empresa, que atende parte da zona sul da capital paulista. A greve teve início às 4h30 de ontem, em protesto ao não pagamento do salário do mês de julho. Os ônibus da empresa devem ficar parados até o horário de abertura dos bancos, quando os funcionários irão verificar se seus salários já foram depositados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.