Vice de Lula é submetido a cirurgia e passa bem

A cirurgia para a retirada de um tumor na região lombar do vice-presidente da República, José Alencar, terminou por volta das 12h15 desta segunda-feira, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Segundo assessores, o procedimento teve duração de cerca de duas horas e foi bem-sucedido.O Hospital Sírio-Libanês acaba de divulgar o boletim médico referente à cirurgia a que se submeteu o vice-presidente José Alencar na manhã de hoje. O documento informa que o pós-operatório imediato transcorre sem intercorrências, após ter sido removido um tumor na região posterior do abdômen junto à musculatura lombar. Ainda segundo o boletim, a cirurgia foi conduzida pelos médicos Raul Cutait e Miguel Srougi, e foi acompanhada também por Roberto Kalil, Dalton Chamone e Manoel Cataldo.O vice-presidente deve passar a tarde na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital para se recuperar da cirurgia. De acordo com o Sírio-Libanês, os médicos envolvidos no procedimento não darão entrevista coletiva aos jornalistas presentes no local. Além disso, não há previsão para a divulgação de novos boletins. O material extraído durante a operação foi encaminhado ao laboratório do hospital onde o vice-presidente está internado. Uma análise vai indicar se é um tumor benigno ou maligno.Alencar está na UTI do hospital para se recuperar da cirurgia, realizada com anestesia geral. A expectativa é de que o vice-presidente tenha alta no final de semana, conforme a evolução de seu quadro. O tumor foi detectado durante um exame de rotina no estômago, junto à musculatura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.