Vice-prefeito é morto após briga de bar no Amazonas

O vice-prefeito do município amazonense de Boa Vista do Ramos, João Carlos Matos de Oliveira (PT), 38 anos, foi assassinado na madrugada de domingo com um tiro de espingarda calibre 20. O autor do disparo, que atingiu o peito da vítima, foi o desempregado Cleber Guedes de Carvalho, 21 anos. Ele foi preso na tarde de domingo por uma força especial formada por 20 homens da Polícia Militar. Segundo testemunhas, o crime aconteceu depois de uma discussão entre os dois em um bar no centro da cidade, a 270 quilômetros de Manaus. O acusado, conforme a PM, teria chegado ao bar Vitória Régia por volta das 4h e exigido uma bebida ao vice-prefeito, que estava no estabelecimento. "O vice-prefeito negou e os dois começaram a discutir violentamente. Depois disso, Caravlho saiu do bar e João Carlos foi atrás dele. Minutos depois foi morto na casa do acusado, que fica no centro", informou a assessoria de imprensa da PM. De acordo com o relato do acusado à polícia, o vice-prefeito invadiu a sua casa e, na tentativa de se defender, Carvalho o matou. Após o disparo, ele fugiu em uma voadeira (canoa com motor de polpa) para a comunidade São Benedito, a 30 minutos de Boa Vista do Ramos, onde foi preso. O corpo do petista foi sepultado nesta segunda no cemitério municipal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.