Viegas diz que Exército usará todos os recursos no Rio

As Forças Armadas farão uso maciço dos meios de inteligência, instrução, armamento, munição e equipamentos especiais para restabelecer a ordem pública no Rio, segundo informou nesta quarta-feira, por meio de nota, o ministro da Defesa, José Viegas. O envio das tropas federais, solicitado pela governadora do Estado, Rosinha Garotinho, será detalhado na próxima segunda-feira, mas Viegas antecipou que a União não medirá esforços para reverter o quadro de violência que tomou conta da cidade, como determinou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.O emprego de tropas federais em ações de segurança se dará no Rio com base no Artigo 142 da Constituição, que prevê essa hipótese quando se esgotam todas as possibilidades de preservação da ordem pública. Segundo a nota, serão realizadas na cidade operações, em regiões previamente delimitadas, em conjunto com as polícias estaduais, com o objetivo de resgatar armamento em poder das quadrilhas organizadas. Mas o controle operacional dessas ações ficará a cargo das Forças Armadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.