Vigia aciona PM e é morto por bandidos em SP

O vigilante noturno Cosmo Miranda dos Anjos, de aproximadamente 60 anos, há 40 anos na profissão, foi assassinado, no início desta madrugada, na esquina da Rua Monte Alegre com a Rua São Bartolomeu, no bairro do Pacaembu, região Oeste de São Paulo. Com dois tiros na cabeça, ele foi encontrado caído na calçada por policiais militares do 23º Batalhão. Testemunhas disseram que os suspeitos pelo crime são dois homens que fugiram e um Gol marrom. A dupla revirou os bolsos da vítima e jogou a arma do crime, um revólver, e o celular de Cosmo em um estacionamento ao lado. A polícia acredita que o vigilante noturno, conhecido pelos moradores do bairro, teria ligado para a PM e pedido o auxílio de uma viatura ao suspeitar da atitude dos dois ocupantes do Gol. Segundo testemunhas, os bandidos teriam percebido Cosmo ligar para a PM e resolveram matá-lo. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas foi registrado no 23º Distrito Policial, de Perdizes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.