Vigia é baleado em supermercado da zona norte de SP

O vigia Anderson Aparecido de Almeida, de 27 anos, levou dois tiros de fuzil, no peito e no abdome, no final da noite de domingo, 8. O crime aconteceu enquanto Almeida trabalhava em um supermercado da Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo. Dois homens, um deles armados com o fuzil, chegaram em um carro preto e dispararam contra o vigia, que foi levado ao Hospital de Vila Penteado, onde continuava internado. Um segurança presenciou o crime, que aconteceu na parte de trás do supermercado, e estava em choque. A polícia não acredita na hipótese de assalto, e sim que os atiradores foram ao local para matar Almeida. O supermercado estava funcionando no momento em que o vigia foi baleado, mas isso ocorreu na parte de trás da loja.

Andressa Zanandrea, do Jornal da Tarde

09 Julho 2007 | 13h03

Mais conteúdo sobre:
assassinato vigia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.