Vigia reage e morre durante assalto a banco na zona leste de SP

Ao lutar com um dos integrantes de uma quadrilha que invadiu, por volta das 18h30 de segunda-feira, a agência do Banco Itaú, localizada na altura do nº 219 da Praça Silvio Romero, no Tatuapé, zona leste da capital paulista, o vigia Aloísio da Silva Motta, de 35 anos, levou um tiro no pescoço e morreu quando era atendido no pronto-socorro do mesmo bairro.Armados, quatro homens entraram na agência, já fechada para o público, e renderam os dois vigias, o gerente Osmar Augusto Asseiro, os funcionários e levaram todos para o cofre. Com os dois revólveres de Aloísio e do colega dele, os assaltantes perguntaram se o alarme havia sido acionado. Como a resposta dos reféns não os convenceu, os criminosos resolveram fugir, mas um deles foi agarrado por Aloísio, que acabou baleado e morto.Os criminosos fugiram em um Citroen escuro e, segundo testemunhas, ainda havia outros seis bandidos do lado de fora do banco que também fugiram após o assalto ter fracassado. Ninguém foi preso nem valor algum roubado. O caso foi registrado no 30º Distrito Policial, do Tatuapé, pelo delegado Eduardo Consovicz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.