Vigilância interdita 13 quiosques na orla da Barra da Tijuca

Técnicos inutilizaram 30,8 quilos de alimentos nos estabelecimentos vistoriados

estadão.com.br,

13 de dezembro de 2011 | 20h41

SÃO PAULO - A Vigilância Sanitária Municipal interditou total ou parcialmente 13 quiosques da orla da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, em uma operação realizada nesta terça-feira, 13. No total, 59 locais foram fiscalizados.

Durante as vistorias, que fazem parte das "Ações Especiais de Ano Novo", os técnicos encontraram outros 10 quiosques fechados e um realizando reformas. Ao todo, 30,8 kg de alimentos foram inutilizados.

Seis quiosques foram fechados, sendo três por falta de asseio e três por descumprimento de intimação anterior, e outros sete sofreram interdição parcial, por não contarem com sistema de água regular. Esses estabelecimentos não poderão manipular alimentos até sua regularização. Eles terão que cumprir também exigências estruturais, com a realização de reformas e troca de equipamentos, além da apresentação de documentação que comprove licenciamento sanitário e autorização de funcionamento.

Durante a ação, 19 quiosques foram multados, a maior parte por falta de higiene e comercialização de produtos impróprios para consumo e com validade vencida. Também foram registradas autuações por descumprimento de editais de interdição e termos de intimação expedidos em vistorias anteriores.

Mais conteúdo sobre:
quiosquesBarra da Tijuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.