Vigilância Sanitária fecha clínica no Rio

O centro cirúrgico da clínica One Day Clinic, no bairro do Humaitá, zona sul do Rio, foi lacrado, nesta segunda-feira, pela Vigilância Sanitária do Estado depois de uma vistoria que durou seis horas.No último sábado, a arquiteta e diretora de projetos especiais da Fundação de Artes do Rio de Janeiro (Funarj), Anita Mantuano, de 48 anos, morreu em razão de complicações surgidas durante uma cirurgia de lipoaspiração realizada nessa clínica.A clínica está proibida de realizar cirurgias plásticas porque não tem instalações adequadas. Anita sofreu embolia pulmonar, seguida de quatro paradas cardiorrespiratórias, e teve que ser transferida para outra clínica, a São José, também no Humaitá.A One Day não possui sala de recuperação anestésica com equipamentos de ressuscitação, o que contraria uma portaria do Ministério da Saúde, criada em 1994.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.