Vigilância Sanitária interdita supermercados no Rio de Janeiro

Estabelecimentos poderão reabrir ou reativar os áreas fechadas após atender as exigências

estadão.com.br,

03 Fevereiro 2012 | 18h21

SÃO PAULO - A Vigilância Sanitária Municipal interditou totalmente nesta sexta-feira, 3, um supermercado na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Outro supermercado sofreu interdições parciais na Rua Maxwell, 520, no Andaraí, na zona norte.

Os dois estabelecimentos foram autuados e só poderão reabrir ou reativar os setores fechados após o cumprimento das exigências dos técnicos.

O estabelecimento localizado no Andaraí foi autuado por falta de higiene, presença de insetos e alimentos impróprio para consumo. O supermercado teve os setores de sucos e refrigerantes interditados, pois foram encontrados insetos no local. Além disso, foram inutilizados cortes de frangos, por temperatura inadequada e falta de embalagem adequada. O estabelecimento também recebeu termos de intimação para limpeza em todos os setores, e desratização geral nos setores interditados e no depósito, onde foram encontradas fezes de roedores.

O supermercado que fica na zona sul foi fechado por falta de condições higiênico sanitárias em toda a loja. Foi constatado que havia mercadorias sem condições de estocagem adequada. Foram também inutilizados cortes de frangos, por temperatura imprópria; e adubo em spray para orquídeas, pois estavam junto das embalagens de sucos. Os técnicos verificaram ainda que balcões e gôndolas de refrigeração, que apresentavam temperaturas superiores às necessárias para garantir a integridade dos produtos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.