Vigilante mata policial em bar de Guarulhos

O cabo da Polícia Militar Jorge Belarmino da Silva, de 46 anos, foi assassinado em um bar na noite de domingo, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Horas depois, a polícia prendeu o segurança José Carlos Pereira, de 40 anos, que foi indiciado por homicídio. Segundo a Polícia Civil, o acusado faz bicos como pedreiro e há algum tempo realizou um serviço para a mãe do policial, que pertencia à 4.ª Companhia do 15.º Batalhão. Na tarde do domingo, ele teria ido à casa do PM, ao saber que a mãe dele estava doente. O PM teria ficado com ciúmes da mulher e discutido com Pereira.Por volta das 20h30, o segurança viu o policial em um bar do Parque Continental 3. Conforme a polícia, Pereira quebrou o copo do policial e usou um caco de vidro para cortá-lo no rosto. Sacou um revólver, mas guardou a arma e puxou um canivete com o qual golpeou o policial no peito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.