Vigilante reage a assalto e é morto em SP

O vigilante Luís de Camargo, de 38 anos, morreu depois de reagir a uma tentativa de assalto, ontem à noite, na Rua Pedro de Toledo, no Ibirapuera, zona sul de São Paulo. Camargo trabalhava no Centro Educacional Municipal. Foi abordado por Daniel Pereira Mascarenhas dos Santos, cujo objetivo era, provavelmente, roubar-lhe a arma. Ladrão e vítima trocaram tiros e foram ambos atingidos: o vigilante no peito, o ladrão na perna.O vigilante foi socorrido e estava sendo preparado para a cirurgia, no Hospital do Servidor Público Estadual, quando Daniel chegou ao hospital afirmando que também era vítima de uma tentativa de assalto e que fora baleado pelo ladrão. Trazia consigo um bolsa. Ao revistá-la, o policial de plantão encontrou a arma do assaltante, que caiu em contradição e foi autuado em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.