Vigilantes atiram contra cinco pessoas. Três morrem

Dois vigilantes noturnos foram presos, por volta da 0h30, pelo chefe de investigação do 80º Distrito Policial, de Vila Joaniza, após atirarem contra cinco pessoas que estavam reunidas na Avenida Antonio Pinho de Azevedo, na regiãodo Jabaquara, na zona Sul da capital paulista.Um casal de jovens, Michele e Edney, e um homem ainda não identificado morreram no local do crime. Dois outros homens foram levados para o Pronto-Socorro do Hospital Sabóia, no Jabaquara. O investigador Medeiros, chefe dos agentes daDelegacia de Vila Joaniza, passava pelo local e escutou os tiros. Os dois atiradores acabaram detidos e foram levados para Vila Joaniza, onde estão sendo autuados por triplo homicídio edupla tentativa.As informações são de que uma das vítimasmortas, possivelmente o homem cujo nome não foi revelado, tenha morrido sem ser o verdadeiro alvo dos dois vigilantes. O delegado de Vila Joaniza não quis dar mais detalhes sobre a ocorrênciae disse que apenas a Secretaria de Segurança poderá fazê-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.