Vilela vai à Justiça contra reajustes

ALAGOAS

, O Estadao de S.Paulo

15 de março de 2010 | 00h00

O governador Teotônio Vilela Filho (foto) reassume hoje o comando do governo de Alagoas decidido a recorrer à Justiça para manter o veto ao artigo do Orçamento do Estado que reajustou os duodécimos da Assembleia, do Ministério Público Estadual e do Tribunal de Contas do Estado. Caso os reajustes sejam mantidos no Orçamento estadual, estimado em R$ 5,7 bilhões, o Executivo terá uma perda superior a R$ 25 milhões. "É decisão de governo não promulgar o Orçamento do Estado para 2010 do jeito que foi aprovado pela Assembleia, com reajuste nos duodécimos", afirmou o vice-governador José Wanderley Neto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.