VILLA-LOBOS: público seleto

Correria: executivos vão ao shopping para almoçar e utilizar os serviços. Pausa: a filial da Livraria Cultura está lá para os momentos de sossegoDisputando espaço com os grandes shoppings das zonas oeste e sul, o Villa-Lobos tem lugar garantido no coração dos empresários que trabalham nos prédios comerciais ao redor. Para não perder clientes tão promissores, o shopping demonstrou ter visão ao abrir, no ano passado, 12 lojas que atendem as preferências dos mais abastados, entre elas Capodarte, Le Lis Blanc, L''Occitane, Argentum, Art Walk, Starbucks, Garda Design, Verve, Harry''s, Sky Land And Sea.O olfato e o paladar receberam atenção com dois novos quiosques: Clinique (perfumes) e Oliviers & Co (azeites). Neste mês deve chegar o Kappa Gourmet, que serve buffet variado. Se a intenção é utilizar um serviço, o Villa-Lobos conta com os principais (costureira, sapataria, etc.), menos lan house - que nem deve fazer falta. Afinal, os executivos podem usar a internet Wi-Fi. Agências de viagem (CVC, Tam e Nuts Viagens) também estão ali para quem quiser navegar - ou voar. Fundação: 19/4/2000 Área: 101.374m2Lojas: 220Salas de cinema: 7Vagas: 1.500Estacionamento: R$ 6 (2 horas)Av. das Nações Unidas, 4.777, 3024-4200. 10h/22h (dom. e fer., 11h/22h).www.shoppingvilla-lobos.com.brSem assentosIluminação natural é o que não falta no Villa-Lobos. A cúpula de vidro permite a entrada de luz no ambiente, o que não é muito comum em shoppings deste porte. A praça de alimentação também tem a mesma estrutura. O problema é que, no horário do almoço, o ambiente não fica tão agradável. O barulho é alto e algumas bandejas ficam pelas mesas. Andar bastante pelo Villa-Lobos não deve ser um hábito do público, já que quase não há bancos pelos corredores para descansar entre uma compra e outra. Fácil de circular, o shopping nem precisaria das placas de sinalização como os outros centros de compra, mas mesmo assim elas estão lá, visíveis e de fácil leitura.Nada de pânicoDesde 2005, em 3 dias do ano é possível ver pessoas correndo nas dependências do Shopping Villa-Lobos. Não, não é treinamento de abandono do prédio para emergências. O shopping é o ponto de partida e de chegada da Track & Field Run Series, que já faz parte do calendário de atletas e amadores. A competição é dividida em 3 etapas, de 10km cada. Os interessados que tiverem fôlego e condicionamento físico para participar pagam R$ 110 pela inscrição. Vá aquecendo e alongando para o próximo ano.Caneca cheiaNem mesmo a rainha da Inglaterra deve possuir tantos saquinhos. A Tee Gschwendner do Villa-Lobos tem mais de 200 tipos de chás e infusões (aqueles de ervas e frutas). A variedade é para todos os bolsos, dos mais rasos (R$ 19) aos que transbordam(R$ 400). Você pode compor o cenário do tradicional chá das 5 com latas de armazenamento e bules especiais. Para os práticos, uma caneca com infusor sai por R$ 65.InfielCom a justificativa de ser "reformulado", o programa de fidelidade criado pelo Villa-Lobos, batizado de Unique, está suspenso desde o ano passado. Desenhos e cancelasTraço perfeitoEngana-se quem pensa que no quiosque da Faber-Castell, do Villa-Lobos, só tem os conjuntos básicos de lápis-de-cor e canetinhas. É fácil virar criança de novo com canetas de espessuras diversas, que permitem diferentes efeitos, grafites especiais para mangás e outros atrativos. O difícil mesmo é bancar a brincadeira. Alguns kits com lápis, pincéis e outros materiais ultrapassam os R$ 500. Fura-filaFacilidade é o que não falta para os mais apressadinhos no Shopping Villa-Lobos. Quem não quiser enfrentar filas para entrar no estacionamento ou para pagar o ticket, pode aderir ao Via Fácil - Sem Parar, que usa um sistema semelhante ao das rodovias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.