Vinte e um são presos por fraudar prova da Polícia Civil no Rio

Vinte e uma pessoas foram detidas pela Polícia Civil, por estarem tentando fraudar a prova deste sábado para inspetor na corporação. Segundo a polícia, eles já vinham sendo monitorados. Um dos detidos é acusado de ter fraudado a prova que estava prevista para o início do mês, para o mesmo cargo. A prova foi anulada, após descoberta de vazamento de perguntas de português. As outras 20 pessoas estariam envolvidas com fraudes na prova de hoje para a Polícia Civil. A investigação está a cargo da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.