Vinte presos fogem de prisão em Itu

Vinte presos fugiram da Cadeia Pública de Itu, a 98 quilômetros de São Paulo na noite de sábado, depois de arrebentar as grades de uma cela com um macaco hidráulico. Até a tarde de hoje apenas seis dos fugitivos foram recapturados. A polícia apura como a ferramenta foi parar no interior da cadeia, que tinha 96 presos. Os detentos usaram também um pontalete de eucalipto de seis metros para escapar do xadrez. Essa peça também estava no interior da cela. Os presos usaram uma corda feita com lençóis para pular o muro e ganhar a rua. A fuga foi percebida e denunciada por moradores vizinhos da cadeia, que funciona anexa ao prédio da Delegacia de Polícia. Com o alarme, policiais militares conseguiram evitar que os resto dos presos também fugissem. Os dois carcereiros que estavam de plantão na hora da fuga devem ser afastados das funções.

Agencia Estado,

12 de maio de 2002 | 16h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.