Violência contra jovens no Rio durante madrugada

Quatro jovens foram assassinados a tiros de fuzil durante a madrugada de ontem no Lins de Vasconcelos, zona norte da cidade. A polícia investiga a hipótese de acerto de contas entre traficantes rivais. Em Água Santa, outro bairro da zona norte, dois jovens também foram executados.As vítimas voltavam para casa foram interceptados por um grupo de criminosos. As vítimas, que não estavam com drogas ou armas, foram colocadas contra o muro da casa 553 da Rua Dona Mariana e, em seguida, fuziladas. De acordo com o delegado titular da 25ª Delegacia Policial, do Engenho Novo, Gilberto Dias, a polícia está enfrentando dificuldades para apurar o caso pela falta de testemunhas. Os quatro rapazes seriam moradores do Morro do Amor, no Méier, bairro vizinho ao de Lins de Vasconcelos, segundo o delegado. Apenas dois deles foram identificados: Vinícius Gaspar Fernandes, de 20 anos, e Jonatan Eduardo Costa Silva, de 14. O delegado acrescentou que Fernandes tinha passagem pela polícia por posse de entorpecente para uso próprio. Em Água Santa, dois rapazes foram abordados por um grupo de traficantes armados de fuzis e executados em frente à casa de número 747 da Rua Eulina Ribeiro. A polícia não soube precisar onde eles moravam. De acordo com a polícia, um dos corpos, de um rapaz negro, com aproximadamente 18 anos, foi encontrado com as mãos para trás, amarradas com uma corda. A outra vítima, um homem branco, de 20 anos presumíveis, estava algemado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.