Violência faz vítimas em bailes do interior paulista

O final de semana foi violento em duas cidades do interior de São Paulo. Na cidade de Cruzeiro, um homem foi baleado, quando saía de um forró, no bairro Itagaçaba. Em São Sebastião, um professor foi ferido por uma bala perdida na perna, na saída de um baile.Em Cruzeiro, Sandro Sávio da Silva, de 19 anos, percebeu que uma briga acontecia no interior da boate Beira Rio, quando, ao sair, tentando se livrar da confusão, foi atingido por dois tiros nas pernas. O jovem foi levado à Santa Casa de Cruzeiro. Em depoimento à polícia, ele informou não conhecer os autores dos disparos.Na mesma madrugada, um jovem foi encontrado morto, próximo ao Rio dos Lopes. Maurício Bastos Oliveira Junior, de 17 anos, morreu com um tiro na cabeça. Segundo a polícia, ele tinha passagem por furto e tráfico de drogas. Neste caso, a principal suspeita da polícia é a disputa pela comércio de entorpecente na cidade. Nos dois casos, a polícia de Cruzeiro ainda não tem a identidade dos criminosos. "Estamos com várias pistas, mas até agora não pudemos identificá-los", disse o delegado José Antônio Gonçalves.Em São Sebastião, o professor Adriano Ribeiro Ornellas, de 30 anos, foi ferido por uma bala perdida na saída da boate Sirena. Ele foi levado ao pronto-socorro por testemunhas, foi atendido e liberado. A polícia ainda não tem pista dos autores do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.