Vítima ajuda polícia a prender um golpista

O desempregado Glauco dos Santos, morador no bairro do Retiro, em Jundiaí, ajudou a Polícia Militar a prender em flagrante um estelionatário, que abordava clientes da Caixa Econômica Federal para aplicar o golpe do "conto do vigário". Após cair na armadilha uma vez, no mês passado, o jovem viu o morador da cidade de Colombo, no Paraná, Osny Nogueira, de 25 anos, dentro do banco pronto para pegar outra vítima. Glauco, que foi sacar o seu FGTS disse que pensou em chamar a Polícia, mas lembrou que assim não haveria o flagrante. "Eu segui o golpista na saída do banco, até ele pegar um homem, na frente da igreja", contou Santos.Enquanto Osny dava o golpe de R$ 10 mil, Glauco chamou dois soldados da PM, para o flagrante. A outra vítima, segundo a delegada Lígia Capeletti Basile Bonito, iria perder R$ 1.500,00, em troca de um pacote feito comrecortes de jornais do tamanho de uma cédula de R$ 10,00. Essa nota estava "sanfonada", funcionando como "capa", para o "bolo" de 10 centímetros de altura. Qualquer um, olhando para o monte, ficaria "tentado a pegar o dinheiro", comentou Glauco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.