Vítima da TAM é enterrada em Jacareí

A aposentada Marlene Aparecida Sebastião dos Santos, de 48 anos, foi enterrada hoje no Cemitério Municipal Campo da Saudade, em Jacareí, no Vale do Paraíba, num clima de comoção. Antes do caixão ser levado do velório, um pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular lamentou a morte de Marlene, considerada uma das líderes da igreja em Jacareí. "Marlene foi para junto de Deus e ela está com Deus".O marido, Ângelo Marques dos Santos, ficou o tempo todo debruçado sobre o caixão, ao lado da mãe da vítima, Anésia Machado Sebastião, de 77 anos. Abatidos, não quiseram dar entrevista, assim como nenhum dos outros parentes. Emocionados, rezaram a maior parte do tempo. Apenas o advogado Roberto Donizete falou em nome da família. "Estão todos chocados. A dor é muito grande".A respeito de futuras ações judiciais para indenização, Donizete informou que até agora nada foi conversado com a família. "Estamos esperando que a família assimile mais esta situação e vamos aguardar os laudos do Instituto Médico Legal (IML) e do Departamento de Aviação Civil, que investiga o fato".TAMO enterro foi acompanhado por parentes, amigos e pelo representante da TAM no Vale do Paraíba, Cícero Blota. "É prematuro dizer o que aconteceu, mas a TAM está dando toda assistência à família", informou o representante. O laudo do Departamento de Aviação Civil (DAC) deve ficar pronto em 60 dias segundo o representante da TAM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.