Vítima de acidente de trens da CPTM estava grávida

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a pessoa que morreu na colisão lateral entre os dois trens de passageiros da Linha F Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que liga as estações do Brás e Calmon Viana, na divisa com Itaquaquecetuba, próximo da estação Itaim Paulista, na zona leste da cidade, era uma mulher Paula Marisângela Milnverestet, de 27 anos, grávida de seis meses. Ela foi atingida pelas ferragens, teve politraumatismo e não resistiu. Outras seis pessoas feridas foram socorridas pelos bombeiros e pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar. Deste total, os casos mais graves são de um adolescente de 15 anos que foi levado para o Hospital das Clínicas e uma mulher de 33 anos que foi socorrida no Hospital Ermelino Matarazzo. Marta Cavalcanti da Silva, Maria Dalva Félix Timóteo, Maria das Graças da Silva foram algumas das vítimas que foram levadas com fraturas expostas para os Hospitais Tide Setúbal, Santa Marcelina, Ermelino Matarazzo e Clínicas. Ainda não há informação oficial quanto ao número de feridos. O acidente aconteceu na altura do número 13.000 da avenida Rafael Correia da Silva, no Itaim Paulista, no início desta tarde.Um dos trens estava se dirigindo à Estação Calmon Viana, também na zona leste. Treze viaturas dos bombeiros estão no local e dois helicópteros da PM estão levando os feridos para hospitais da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.