Vítima de estupro reconhece agressor

Uma jovem de 17 anos reconheceu o seu agressor na Delegacia de Sorocaba, no interior de São Paulo, quando prestava queixa de uma tentativa de estupro. Ela afirmou que Adriano de Almeida, de 20 anos, preso por suspeita de estuprar outra mulher, também tentou violentá-la. Uma balconista de lanchonete, de 31 anos, teria sido estuprada por Almeida num terreno baldio da cidade, na Vila Carol. Quando os dois saíam do local, uma guarnição da Polícia Militar passou pelo local. Os patrulheiros desconfiaram do crime ao perceberem que a vítima estava com um corte no rosto. O estuprador, que também roubou R$ 36 da balconista, foi desmascarado e levado para a delegacia. De lá, foi transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP), onde vai responder pelos crimes de estupro e roubo.

Agencia Estado,

13 Junho 2003 | 08h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.