Vítima de incêndio em terreiro de candomblé morre na BA

Incêndio, no domingo, deixou 27 feridos, sendo que doze delas estão internadas em hospital de Salvador

Tiago Décimo, do Estadão,

31 Agosto 2007 | 15h25

Um dos 27 feridos no incêndio em um terreiro de candomblé, no bairro periférico de Pirajá, em Salvador, morreu na manhã desta sexta-feira, 31, no Hospital Geral do Estado da Bahia (HGE). Yure dos Santos, de 21 anos, não era um dos três pacientes considerados em estado grave internados no hospital, mas não resistiu aos ferimentos. "Na prática, qualquer ferido por queimadura pode ser considerado em estado grave, mesmo que o fogo tenha atingido uma área pequena", justifica o diretor-geral do HGE, André Luciano de Andrade. Outros 12 feridos no incêndio, que aconteceu no domingo, 26, continuavam internados no HGE. Entre eles, os que inspiram mais cuidados são Nanci da Silva, de 69 anos, Giovana Andrade, de 18 anos, e André Paulo dos Santos, de 17 anos, que tiveram mais de 80% do corpo queimado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.