Vítima de seqüestro-relâmpago reage e se livra de bandidos

A estudante universitária Eliana Saraiva de Carvalho, de 28 anos, e o colega, Edson Rozendo da Silva, de 26 anos, foram vítimas de um sequestro-relâmpago, na noite de ontem, na zona sul da capital paulista, mas conseguiram se livrar dos bandidos, depois que o rapaz entrou em luta corporal com um dos assaltantes.Os dois colegas, por volta das 20h00, estavam em um Pálio cinza, modelo ELX, pertencente à estudante, no bairro do Socorro, Zona Sul, quando foram dominados por um trio armado com um revólver calibre 38. Após rodar com os bandidos por alguns minutos, as vítimas foram obrigadas a parar em um caixa-eletrônico na Avenida de Pinedo, no mesmo bairro.O bandido armado ficou dentro do veículo com Edson, enquanto os dois comparsas do assaltante foram até o caixa com a estudante. Num momento de distração, o operador de máquinas consegiu dominar o bandido dentro do carro e tirou o seu revólver. O bandido acabou fugindo a pé após conseguir sair do Pálio. Os outros dois assaltantes, que já haviam sacado R$ 100,00 da conta da garota, também fugiram. Eliana foi a pé até o 102º Distrito Policial, do Socorro, para pedir auxílio, mas foi informada que não havia nenhuma viatura da Polícia Civil disponível. Policiais militares foram acionados, mas não chegaram a tempo de conseguir localizar o trio ainda nas imediações do caixa-eletrônico. O relógio de Edson e os cartões bancários dele e de Eliana foram levados pelos assaltantes. O delegado Marco Antonio Azkoul, da delegacia do Socorro, foi quem registrou o boletim de ocorrência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.