Vítimas de acidente aéreo em São Luís são enterradas

As três vítimas da queda do monomotor Embraer 720C Minuano, ocorrida na segunda-feira, 2, em Pinheiro, a 100 quilômetros de São Luís, foram enterradas neste terça-feira, 3, na capital maranhense. Centenas de pessoas foram ao velório e ao enterro do piloto Julio César Ribeiro, 34, e dos portas-valores Eliovar de Jesus Santos, 34, e Jorge Maximiliano Costa Campos, 36.Os caixões chegaram ao cemitério às 11 horas, seguidos de dezenas de parentes e amigos que se emocionaram bastante em velório na capela. "É uma coisa que não tem explicação. É um impacto muito forte nas pessoas", disse Maria Elsa, 46, prima de Jorge Maximiano. Os três foram velados e sepultados no mesmo cemitério. A esposa de Jorge Maximiliano, Flor Campos, desmaiou durante o velório e precisou ser socorrida. Os corpos das vítimas foram resgatados no dia do acidente. Eles estavam mutilados e queimados e chegaram a São Luís no final da tarde de segunda, onde foram identificados e liberados no dia seguinte de manhã.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2006 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.