Vítimas de Catanduva apontam agressores

Doze crianças de Catanduva (SP) vítimas de abusos sexuais voltaram a identificar seus agressores em outra sessão de reconhecimento com 13 suspeitos, ontem, feita pela CPI da Pedofilia e pelo Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco). O promotor João Santa Terra não revelou os nomes apontados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.