Vítimas de explosão em hotel são transferidas

Dois dos cinco feridos na explosão da cozinha do Hotel Leão da Montanha, em Campos do Jordão, foram transferidos hoje para a Unidade de Queimados da Santa Casa de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba. A explosão aconteceu ontem à noite, em função de um vazamento de gás. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente atingiu a cozinha e a copa do hotel. Havia 50 pessoas hospedadas no Leão da Montanha na hora da explosão.Os funcionários do hotel - Pedro Castilho Santos, de 53 anos, e Leonardo de Almeida Simplício, de 32 anos - tiveram queimaduras de primeiro e segundo graus. Eles foram atendidos ontem no Pronto Socorro de Campos do Jordão e hoje pela manhã foram transferidos para a Santa Casa de Guaratinguetá. A entidade é a única que possui uma Unidade de Queimados no Vale do Paraíba.Santos e Simplício estão em observação. Outras três funcionárias também feridas na explosão, Alice Ribeiro Costa, 31 anos, Terezinha Santos Andrade, 32 anos, e Olívia Alves Lima, 41 anos, foram liberadas hoje pela manhã, após atendimento no Pronto Socorro de Campos do Jordão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.