Vítimas do acidente com helicóptero são enterradas

Foi com uma chuva de pétalas de rosas que os colegas de profissão homenagearam o piloto Átila Limp da Costa Mafra, de 29 anos, uma das vítimas do acidente de helicóptero ocorrido na última quinta-feira, 27, na Lapa, na zona oeste. Na ocasião, o Bell 206 Jet Ranger caiu na Rua do Curtume durante um vôo de inspeção da rede elétrica e pegou fogo. O enterro de Mafra aconteceu às 11 horas da manhã deste sábado, 29, no Cemitério Parque dos Pinheiros, no Jaçanã, zona norte. Mais de 400 pessoas estiveram presentes à cerimônia. Além de parentes e amigos, muitos pilotos da empresa Plana Brasil Táxi Aérea também marcaram presença. Às 11h20, dois helicópteros sobrevoaram o jazigo de Mafra e lançaram pétalas de rosas sobre ele. O momento foi de grande emoção e todos os presentes aplaudiram a ação.As outras vítimas do acidente também foram enterradas neste sábado. O técnico de manutenção Marcelo da Silva, de 30 anos, foi sepultado no Cemitério Vale da Paz, em Diadema, na Grande São Paulo. Cerca de 30 pessoas estiveram presentes.Já o coordenador de linha José de Oliveira Souza, de 35 anos, foi enterrado no Cemitério Chora Menino, em Santana. A Agência Nacional de Viação Civil (ANAC) deve divulgar em até 30 dias o resultado do laudo sobre o acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.