Vítimas do Palace 2 ainda não receberam indenização

O juiz em exercício da 4.ª Vara Empresarial, Luís Felipe Salomão, determinou a busca e apreensão de R$ 1.022.213,17 no Banco do Brasil ? quantia suficiente para o pagamento de nove famílias deex-moradores do Palace 2. A decisão foi tomada depois que o BB não pagou as indenizações de R$ 113.578,13, cada uma, obedecendo à Justiça Federal. Nesta tarde, um oficial de justiça e um major da Polícia Militar foram à agência do Palácio da Justiça, seguido pelas vítimas e seus advogados, para retirar a quantia. Apesar de toda a confusão, até as 20 horas ninguém havia recebido.Os funcionários do banco informaram às vítimas que o dinheiro da agência não era suficiente e aguardavam a chegada de um carro-forte. Às 19 horas um advogado do Banco do Brasil, Luiz Rocha,disse que dois hábeas-corpus haviam sido impetrados pela Procuradoria Geral da União, em Brasília e no Rio, para liberar os funcionários dobanco, retidos na agência. Minutos depois, o advogado das vítimas, Nélio Andrade, informou que o Batalhão de Choque havia sido chamado e que todos seguiriam para aagência central do BB, no Andaraí, zona norte, para retirar o dinheiro. ?Essa agência tem no máximo R$ 50 mil. Eles vão abrir os caixas eletrônicos, por ordem do juiz Salomão. Ele informou que vai dormir no fórum, se for preciso, para resolver tudo hoje?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.