Vítimas do Palace 2 têm 10 dias para comprovar denúncia

Os advogados das vítimas do Palace 2, Nélio Andrade e Eduardo Lutz, têm 10 dias para entregar relatório que comprove as irregularidades que teriam sido cometidas pelo juiz Alexander Macedo, que atuou no processo das indenizações. O prazo foi fixado pelo desembargador Paulo Horta, sorteado para ser o relator no processo no Conselho da Magistratura que vai apurar as denúncias contra o trabalho do juiz.Os advogados acusam Macedo de liberar bens do empresário Sérgio Naya sem o conhecimento das vítimas e do Ministério Público, além de autorizar pagamentos a terceiros antes de indenizar os ex-moradores. A denúncia levou o promotor Rodrigo Terra a pedir a investigação do juiz por improbidade administrativa à Promotoria da Cidadania.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.