Vitória, de 2 anos, foi deixada pela mãe com vizinha

Vitória Edelvina Silva Santos. Nascida em 4 de março de 2006. Essa é a identidade da menina que há um mês dorme em um abrigo da capital, após ser entregue por uma vizinha ao Conselho Tutelar do Campo Limpo, na zona sul. Segundo Janete Aparecida Soares, de 43 anos, a mãe da criança, Amanda, de 21 anos, costumava deixar a menina sob os cuidados dos vizinhos e desaparecia por dois ou três dias. Quando Janete entregou a menina ao conselho, a mãe estava sumida havia 10 dias. "Amanda não reagiu à notícia de que eu tinha entregue a menina. Chorou em silêncio e não fez mais nenhuma pergunta", disse Janete.O juiz responsável pelo caso, Iasin Ahmed, deu prazo até 14 de junho para que parentes procurem por ela no abrigo. Se isso não ocorrer, a menina será encaminhada para adoção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.