Volta a chover em Xerém e bombeiros suspendem buscas por vítimas

Previsão é de mais chuva durante toda a noite; distrito de Duque de Caxias tem registro de uma morte, mil desalojados e 20 feridos

Antonio Pita, de O Estado de S. Paulo ,

03 de janeiro de 2013 | 18h16

RIO - Os moradores de Xerém, distrito do município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, voltaram a ficar em alerta após o recomeço das chuvas no final da tarde desta quinta-feira, dia 3.

Desde a madrugada de ontem, a região é castigada com fortes chuvas e alagamentos, que causaram a morte de um homem ainda não identificado e a destruição de casas e ruas. A Defesa Civil registrou no distrito mais de mil desalojados, 20 pessoas feridas e uma desaparecida.

A vítima desaparecida seria um funcionário da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) identificado pelo Corpo de Bombeiros apenas como Éneas. De acordo com o subcomandante geral dos bombeiros, tenente coronel Alcântara, ele estaria trabalhando numa represa da região quando as chuvas começaram e causaram uma forte cabeça d'água. O funcionário não teria conseguido se segurar e teria sido levado pela correnteza.

Em função do mal tempo, as buscas por vítimas e os trabalhos de recuperação foram interrompidos por volta das 17h30. "A previsão é de mais chuva durante toda a noite e por isso vamos deixar quatro equipes de plantão na região para quaisquer eventualidade. Amanhã, às 4h, reiniciamos as buscas na mata para encontrar a vítima desaparecida", afirmou o subcomandante geral do Corpo de Bombeiros, tenente coronel Alcântara.

Estradas

Houve rolamento de pedras na Rodovia Rio-Santos (BR-101), no Km 505, em Angra dos Reis, e no Km 559, em Paraty. As interdições eram parciais. Na Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), havia bloqueio parcial no Km 92, em Petrópolis, no sentido Minas Gerais, e entre o Km 85 e o Km89, no sentido Rio. Por medida de segurança, a concessionária CRT interrompeu o tráfego nos dois sentidos da BR-116 Norte, no trecho que liga Guapimirim (Baixada Fluminense) a Teresópolis (Região Serrana), na Serra dos Órgãos. A via está interrompida desde as 17h de hoje, e a previsão é de que seja liberada depois das 18h45. A interdição ocorre entre o Km 89 e o Km 104.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.