Volta de Delúbio é decisão partidária, diz ministro

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, evitou comentar a reintegração do ex-tesoureiro Delúbio Soares ao PT. "É uma decisão partidária. A decisão foi tomada pela maioria e tem que ser respeitada por todos os petistas", disse Cardozo, ontem, durante visita a uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), na Cidade de Deus, no Rio.

, O Estado de S.Paulo

01 de maio de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.