Volta do feriado tem tráfego intenso nas estradas de SP

O fluxo de veículos permanecia intenso no Sistema Anchieta-Imigrantes, neste domingo, 7, feriado de Páscoa. Às 20h30, havia morosidade na rodovia Cônego Domênico Rangoni, (antiga Piaçaguera-Guarujá), entre os km 5 e 8 e do km 248 ao 255. Em São Vicente, a Rodovia Padre Manuel da Nóbrega apresentava lentidão do km 292 ao 285. Segundo a Ecovias, administradora das rodovias, dos 280 mil veículos que passaram no sistema rumo ao litoral paulista neste feriado, 230 já voltaram, sendo 8.016 deles na última hora. O sistema opera no esquema 2 x 8 - com oito pistas para quem volta para São Paulo, e duas para o litoral. A Castelo Branco reunia ao todo 23 km de lentidão em dois trechos: de São Roque até Jandira, do km 65 ao 51; e entre Jandira a Barueri; do km 35 ao 26. Na Raposo Tavares o tráfego era normal. Segundo a ViaOeste, até as 20h30, 55 mil veículos circularam no sistema, ante a estimativa de 70 mil para hoje. Quem seguia pela Bandeirantes deparava-se com tráfego pesado entre os km 86 e 57, de Campinas a Jundiaí. Na Anhangüera o trecho com morosidade era menor: do km 23 ao 26, na chegada a Capital. Desde quinta-feira, 5, até as 20 horas de hoje, 244 mil veículos trafegaram pelas duas vias para ir ao interior, e 231 mil, para a Capital. No período, houve 52 acidentes, com 24 feridos e uma morte. As rodovias Tamoios e Mogi-Bertioga continuavam com tráfego carregado, contudo sem pontos de congestionamento. Já na Rio-Santos (SP-55), o motorista enfrentava lentidão na altura do km 292, na Praia Grande. A Carvalho Pinto e Ayrton Senna também tinham congestionamento. Na primeira, do km 89 ao 69, em São José dos Campos, e, na segunda, do km 36 ao 25, em Itaquaquecetuba. Na Presidente Dutra eram registrados três pontos de lentidão, um deles, na Capital paulista, do km 229 ao 231. Em Arujá, o trecho de morosidade ia do km 206 ao 208. Na cidade de Pindamonhangaba, três veículos se envolveram num engavetamento, na altura do km 88, às 18h50, e duas pessoas foram encaminhadas para o pronto-socorro do município em estado grave. A pista já foi liberada, mas havia paradas do km 81 ao 88.

Agencia Estado,

08 Abril 2007 | 21h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.