Volume de cheques devolvidos cresce 20%, aponta CheckOK

De cada mil cheques emitidos em agosto, 52 foram devolvidos uma ou duas vezes por falta de fundos, uma alta de 20% em comparação com o mesmo mês do ano passado. O levantamento é realizado pela empresa nacional de verificação eletrônica da crédito CheckOK, e se baseia em dados fornecidos pelo Banco Central. Segundo a empresa, 175,2 milhões de documentos foram compensados em agosto deste ano, dos quais 9,1 milhões não tinham fundos. Em relação a julho, a inadimplência caiu 5,8%, com o retorno de 55 cheques a cada mil emissões. Apenas Pernambuco registrou queda na inadimplência, de 2,1%, enquanto os demais Estados e o Distrito Federal apresentaram alta. A Paraíba foi o Estado campeão na alta da inadimplência, com 112,4%.A CheckOK apurou ainda que, em São Paulo, onde foram compensados pouco menos de 69 milhões de cheques, de cada mil documentos compensados em agosto, 48 foram devolvidos por falta de fundos, um volume 18,5% maior do que o registrado em agosto de 2002, e 6,7% menor do que julho de 2003.Foi identificada também uma queda de 7,6% no volume de emissão de cheques de julho (189,5 milhões) para agosto (175,2 milhões). Na comparação anual, a redução foi de 9,9%. "O comportamento apresentado pelo número de cheques trocados, indicador usado para medir a atividade econômica, vem mostrando essa tendência de queda desde o início do ano, período no qual a taxa de juros estava mais alta", informa a CheckOK.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.