Voluntários consertam micros para alunos carentes

Depois de conseguir 906 computadores usados e distribuir cerca de 700 a escolas de informática para alunos carentes em 14 estados, a Câmara Americana de Comércio de São Paulo vai agora fazer uma frente de voluntários para consertar e reaproveitar o que for possível entre os micros restantes. Para isso, está à procura de técnicos em hardware - CPUs, mouses, monitores, teclados etc - que trabalharão durante cinco horas nos dias 9 e 10 (sexta-feira e sábado). A meta é salvar pelo menos 20 equipamentos completos."É uma previsão bem realista, mas podemos conseguir salvar até 40 computadores entre os quase 200 que estão em más condições", explicou João Gilberto dos Santos, gerente do programa AmCham Comunidade. Como cada escola recebe cinco micros, o trabalho dos voluntários poderá representar mais oito escolas beneficiadas. Sete voluntários de cinco empresas já se inscreveram para esta ação.Os técnicos voluntários serão agrupados em equipes de 10 pessoas para trabalhar em turnos das 7h00 às 13h00 e das 13h00 às 18h00. Os profissionais interessados devem encaminhar e-mail para cdisp@amcham.com.br até o dia 7 (quarta-feira), informando sua experiência profissional e o período em que poderão participar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.