Voo 447: Air France quer relatório de segurança independente

Painel de especialistas 'irão observar todos os aspectos as operações no que se relacionar à segurança'

AP,

17 de setembro de 2009 | 15h30

A Air France pediu a um painel de especialistas para revisar seus procedimentos de segurança, enquanto investigadores continuam a procurar por uma explicação para o acidente de uma de suas aeronaves em junho que matou 228 pessoas.

 

Veja também

documento Relatório da BEA sobre o acidente (em inglês)

especialLeia íntegra da entrevista com o diretor da Air France

lista Todas as notícias sobre o Voo 447

especialEspecial: Os desaparecidos do voo 447

especial Especial: Passo a passo do voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas do Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas da FAB pelo Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: homenagem às vítimas

especialCronologia das tragédias da aviação brasileira

especialCronologia dos piores acidentes aéreos do mundo 

 

A companhia aérea informou seus pilotos da revisão de segurança por escrito, afirmou a prota-voz da companhia Veronique Brachet nesta quinta-feira, 17. O painel será formado por um ainda indeterminado número de especialistas independentes em segurança no transporte aéreo "que irão observar todos os aspectos das nossas operações no que se relacionar à segurança", disse Brachet.

 

A composição do painel será conhecida nas próximas semanas e incluirá integrantes franceses e de outros países, disse.

 

Na carta aos pilotos, a Air France diz que a "falta de fatores claros para esse acidente significa que não podemos dizer com certeza que as medidas de segurança tomadas desde então respondem aos problemas apresentados."

 

A Air France vai usar as descobertas do painel "como base para o processo contínuo de melhora nas medidas de segurança", de acordo com a carta.

Tudo o que sabemos sobre:
air francevoo 447

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.