Voo 447: simulação mostra que outros 4 aviões desviaram de tempestade

Foi ao passar no meio de formação de nuvens evitada pelos demais que Airbus acabou caindo

Estadão.com.br

27 de maio de 2011 | 18h52

SÃO PAULO - Imagens divulgadas pelo Escritório de Investigações e Análises para a Aviação Civil (BEA) nesta sexta-feira, 27, mostram que na madrugada de 1.º de junho de 2009 outros quatro aviões que passavam pela mesma zona de turbulência enfrentada pelo voo AF 447 da Air France conseguiram desviar do ponto mais crítico da formação de nuvens de grande extensão - as chamadas cumulus nimbus. Foi ao passar no meio dela que, em meio a uma forte tempestade, o Airbus A330 caiu com 228 pessoas a bordo.

 

Clique na imagem abaixo para ver a demonstração. Em seguida, aperte o botão verde, marcado como "play". A rota marcada em branco representa o voo 447. (A simulação não funciona no navegador Internet Explorer)

 

 

Veja também:

especialESPECIAL: Os últimos minutos do voo 447

linkAvião levou 3 minutos e meio para cair no mar

Tudo o que sabemos sobre:
voo 447Air France

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.