Voos da Gol ainda registram atrasos e cancelamentos em todo o País

Companhia tem 47% de atrasos e 9% de cancelamentos; excesso de horas trabalhadas pelos tripulantes e fim das férias escolares contribuem para transtornos

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

02 de agosto de 2010 | 09h52

Movimentação de passageiros da Gol no Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio

 

SÃO PAULO - Cerca de 9% dos voos nacionais da companhia aérea Gol já foram cancelados em todo o país na manhã desta segunda-feira, 2, e mais de 47% registraram atrasos, segundo relatório da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) das 9 horas. De acordo com o balanço, do total de 225 voos programados até as 9 horas de hoje, 107 (47,6%) registraram atrasos e 20 (8,9%) foram cancelados. Entre os nove voos internacionais previstos, um registrou atraso de mais de meia hora.

 

Os voos da empresa vêm sofrendo cancelamentos e atrasos além do normal desde a sexta-feira, 30, por conta do intenso tráfego aéreo causado pelo fim das férias escolares e pelo excesso de horas trabalhadas pelos tripulantes, segundo a empresa. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, no período das 6 horas até as 9 horas, duas chegadas haviam sido canceladas e quatro apresentaram problemas de horário. Entre as partidas, seis registraram atrasos de mais de meia hora, segundo a Infraero.

 

Neste domingo, 1, grande parte dos voos, entre partidas e chegadas, foi cancelada no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, e em vários outros aeroportos do país. Segundo a Gol, em todo o país foram registrados 52 cancelamentos e 296 alterações de horários em seus voos, entre partidas e chegadas, ao longo deste domingo. A expectativa é de normalização no início na semana, segundo a Gol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.